A Notícia

Guia do Vale
do Rio Grande

Cotação do Dólar

Publicidade

Cmas de Paulo de Faria realiza Xii Conferência Municipal de Assistência Social

 Todos os municípios brasileiros foram chamados a refletir sobre a Política de Assistência Social e por sua vez o Conselho Municipal de Assistência Social do Município de Paulo de Faria, através de sua Secretaria Executiva, com o apoio da Prefeitura Municipal, realizou a celebração da XII Conferência Municipal de Assistência Social, no dia 26 de agosto de 2021, no auditório da Casa de Cultura Professor José Vasconcelos Rezende. 

Esse ano o desafio foi discutir e propor ideias dentro do tema: “Assistência Social – Direito do Povo e Dever do Estado, com Financiamento Público para Enfrentar Desigualdades e Garantir Proteção Social”.
Diante do cenário e pandemia, instaurado pelo coronavírus, o evento ofertou todo protocolo necessário, para a realização de forma presencial.
Nesse momento democrático em que a sociedade civil, juntamente com o poder público e as OSCs, assinalou o instante histórico no calendário do município, pois ambos segmentos discutiram propostas para implementar políticas públicas para o município de Paulo de Faria.
 Compareceram, Mário de Felício Neto - Prefeito Municipal, Osmar Sampaio – Vice-Prefeito, Andrea Alves Crespo – Vice-Presidente da Câmara Municipal, Vereadores: Luiz Henrique Martins e Kleber Ferreira da Costa, Amélia Maria Borges de Oliveira – Gestora da Assistência Social, Kelly Cristina Silva Pereira Furtado – Coordenadora do CRAS, Marli Aparecida Morais – Representante dos usuários dos Serviços Socioassistencial, Ana Paula Botaro Vilas Boas – Diretora de Saúde do CDP – Paulo de Faria, marcaram presença e colaboraram: Conselhos de Direitos do Município, Conselho Tutelar, Órgão Gestor, CRAS, Saúde, Associação Beneficente de Paulo de Faria “Casa da Criança”, Associação Lar Alan Kardec, Educação, Junta Militar, Cultura, Esporte e Lazer e Programa Criança Feliz.
A palestra magna fiou ao cargo do Senhor Edson Nasaré de Oliveira, que falou sobre os serviços das Políticas Públicas de Assistência Social, onde foram abordados os seguintes eixos: 1. Proteção Social não Contributiva e o Princípio da Equidade como Paradigma para a gestão dos Direitos Socioassistenciais no Enfrentamento às Desigualdades; 2. Financiamento e Orçamento como Instrumento para uma Gestão de Compromissos e Corresponsabilidades dos Ente-Federativos para garantia dos Direitos Socioassistenciais; 3. Controle Social: O lugar da Sociedade Civil no Sistema Único de Assistência Social – SUAS e a Importância da Participação dos Usuários; 4. Gestão e acesso às seguranças socioassistenciais e articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais e proteção social; 5. Atuação do SUAS em situações de calamidade públicas e emergenciais.
A Gestora da Assistência Social, Amélia Maria Borges de Oliveira, destacou que esse é o momento de pensar o SUAS forte, pensar numa Assistência Social como direito do povo. O Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Senhor Edson Nasaré de Oliveira destacou a importância da Conferência como um grande momento de avaliação e luta pela ampliação do Sistema Único da Assistência Social.
Foram elaboradas propostas de âmbito municipal, estadual e federal dos cinco eixos estabelecidos. A plenária no uso de sua soberania, aprovou as propostas e elegeu para Delegados para a XII Conferência Estadual de Assistência Social, os seguintes delegados: Idaléia Cristina da Silva Seregussi – Delegado Titular Poder Público, Patrícia Souza Santos de Oliveira – Delegado Suplente Poder Público; Patrícia Ribeiro dos Santos – Delegado Titular da Sociedade Civil; Odair Aparecido Silva Carvalho – Delegado Suplente da Sociedade Civil. 
 
Assim informou: (Edson Nasaré de Oliveira – Presidente do CMAS).

Fotos da Materia

aaaaaaa

Copyright 2021 | Todos os direitos reservados à A Notícia. Delalibera