A Notícia

Guia do Vale
do Rio Grande

Cotação do Dólar

Publicidade

Crime bárbaro choca a população de Paulo de Faria

 A eficiência da polícia com o auxílio da família do autor do crime, fez com o que o suspeito fosse localizado o mais rápido possível para esclarecimento dos fatos. Em entrevista com o Delegado de Paulo de Faria, Paulo José Buchala Junior, o dia 19 de julho de 2018, o mesmo narrou os fatos para sanar as dúvidas da população. Segundo informações do Delegado, a Polícia Civil de Paulo de Faria teve conhecimento que no domingo (15/07/2018), pela manhã, o corpo do idoso G.D. foi encontrado carbonizado e com sinais de estrangulamento na área rural de Paulo de Faria.

Os investigadores e o Delegado Paulo José Buchala Junior iniciaram as investigações, e no final do próprio domingo, identificaram o suspeito pelo crime, R.R. B., com 24 anos, que havia fugido. Foi representado pela prisão temporária, o que foi concedido pelo Juiz da Comarca.
Após diversas diligências, com o apoio da DIG de Rio Preto, os policiais civis prenderam o autor do crime em Catanduva/SP, quarta-feira (18/07/2018) à noite, que acabou confessando a autoria do homicídio para o Delegado Paulo Buchala, informando que a motivação do crime seria uma discussão do autor com a vítima sobre o uso de drogas, pois a vítima estaria afirmando que o autor “dava” droga para sua filha recém nascida, o que fez com que R.R.B., após um desentendimento, matasse G.D. e em seguida, ocultasse o corpo da vítima.
Não foi comunicado a imprensa antes, para evitar que o autor fugisse para outro Estado.
A perícia atestou que o idoso estava sem vida quando foi queimado. A causa da morte foi estrangulamento e asfixia mecânica.
A família do autor colaborou com as investigações procurando o Delegado para auxiliar no encontro.
O Delegado disse que a polícia continuará com os atos investigativos para apurar a versão do autor confesso. Segundo o Delegado, Paulo Buchala, a companheira do autor está sob investigação.
Participaram das investigações o Delegado de Polícia Paulo Buchala e os policiais Joel Carlos, Dinaldo Oliveira, Adriano Constantino e Carlos Henrique, e para a prisão do autor, o auxílio da DIG, através de equipes dos Delegados Dr. Alceu Lima de Oliveira Junior e Wander Luciano Solgon, e dos policiais civis Rogério Caetano, Carlos e Ana Rosa.
 

Fotos da Materia

a

Copyright 2018 | Todos os direitos reservados à A Notícia